Loja física x loja virtual: Os prós e contras de cada modelo

loja-fisica-x-loja-virtual

Loja física x loja virtual: Os prós e contras de cada modelo

Abrir uma loja tradicional, na sua cidade, ou optar pelo e-commerce? Para ajudar você a responder essa pergunta, desvendaremos neste texto as questões sobre loja física X loja virtual, os prós e contras de cada modelo.

Aparentemente uma loja física pode ser mais fácil de administrar por que está tudo acontecendo bem diante dos seus olhos e se trata e um tipo de negócio tradicional, com métodos já testados há mais de um século.

O modelo e-commerce pode despertar alguns receios por ser quase tudo virtual e funcionando 24 horas por dia em todo o país, além de precisar de tecnologias e ferramentas específicas.

Mas os dois tipos de negócios têm suas vantagens e desvantagens. E qual deles é o melhor?  Isso depende muito do objetivo de cada empreendedor, mas já adiantamos que o comércio eletrônico tem apresentado mais atrativos atualmente.

Por que uma loja virtual pode ser mais vantajosa?

Um negócio baseado em comércio eletrônico possui grandes benefícios e o mais notável deles é o grande alcance de público, e, por consequência, de compradores.

Uma loja tradicional que oferece produtos para necessidades locais pode ser muito lucrativa, mas se o negócio for de comercialização de produtos de demanda variada, o alcance da internet leva vantagem.

Não precisar de espaço físico aberto ao público, funcionários fixos para atendimento e grande quantidade de estoque inicial são outros diferenciais das lojas virtuais.

Em alguns aspectos a loja física pode ganhar pontos como a entrega imediata nas mãos do cliente, sem necessidade de esperas, riscos de demora e danos aos produtos no transporte e também pela ausência de cobrança do frete.

Mas enquanto o cliente vê vantagens nisso, o dono da loja pode sofrer com custos elevados de manutenção das instalações, vitrines, segurança, computadores e outros investimentos.

A comodidade para o comprador é outro fator importante a ser analisado. Podemos interpretar de duas maneiras: o fato de ser cômodo realizar uma compra no conforto de casa, no caso do e-commerce, ou ir até a loja e sair com o produto imediatamente, quando a compra é feita em loja local.

Qual seria a verdadeira comodidade? Depende do público-alvo e do tipo de produto. Se for uma mercadoria de consumo rápido, primeira necessidade ou perecível, certamente o cliente irá preferir uma loja física.

Mas se for um produto difícil de encontrar, que é mais barato pela internet e o comprador não tem tempo para sair de casa, com certeza a loja virtual será a preferida.

Se colocarmos todos os prós e contras das lojas físicas e virtuais na balança, o comércio eletrônico ganha destaque por conta dos melhores preços para o consumidor, pela comodidade na maioria dos casos e pela grande variedade de produtos disponíveis.

Tudo isso atrai um grande número de clientes, sem falar que a internet tem um alcance muito maior.

Quer ter uma loja virtual? Tem alguma dúvida sobre o assunto? Entre em contato com nossa agência.